Seguidores

domingo, 17 de julho de 2011

Radical Livre





Se eu sinto as dores do mundo? 
Ora encho o vazio do alívio, 
Ora me perco no incômodo martírio.
Cortes se fecham ou feridas estabelecem 

Mas se a fome devora e o ronco perturba?
Ora aumento o tormento,
Ora encontro o silêncio.
O prato esvazia ou a boca saliva. 

Se acaso o filme não rola?
Ora fecho as janelas do passado,
Ora abro as cortinas da nova paisagem. 

Vou medindo o tempo e a velocidade 
de um novo começo.
E ninguém sabe onde o fim termina
                                      
Lili Rebuá

Juíza usa sua própria história para desmascarar as falácias da tão propalada meritocracia.


Símbolo da resistência

Ana Júlia discursou na quarta-feira (26) na tribuna da Assembleia Legislativa do Paraná para defender a legitimidade das ocupações de escolas como forma de luta pela qualidade da educação pública.
Segundo a ombudsman da Folha, uma espécie de ouvidora que atua sob a perspectiva dos leitores do jornal, a cobertura da imprensa é tímida para a dimensão da luta dos estudantes contra a reforma do ensino médio (MP 746) e contra a PEC 55 (antiga PEC 241) que congela investimentos na educação por 20 anos.

Do Canal O Mundo segundo Ana Roxo


Explicações simples para assuntos complexos 

Beautiful!! Muy Bueno! Very nice! Very cool ! Bravo. :)