Seguidores

sábado, 18 de junho de 2011

Crõnicas da Cidade

Crônicas da Cidade, trata-se de pequenas estórias ubatubenses, retratados pelos nossos ilustres autores que através dos seus relatos, conseguem transmitir com humor, uma Ubatuba nos tempos mais remotos e uma Ubatuba nos tempos atuais.

RANCHO DOS SKATES
Por Júlio César Mendes
      
    Sempre ao entardecer, depois da pescaria e das vendas dos peixes, depois da lavagem nas canoas, dos entralhos e remendos nas redes, depois da varrida em volta do velho ranchinho, enfim, depois de cumprirem o cotidiano e a lida do dia-a-dia, Fifo e Alfredo Vieira, sentavam aos pés dos abricoteiros e punham conversa fora: contavam casos, relembravam acontecimentos, planejavam pescarias e, de todos os sentimentos, eles falavam sobre o futuro. O que seria o futuro?
Das coisas materiais o que eles tinham de mais precioso era o velho ranchinho, pois foi ali que eles cresceram, sustentaram suas famílias, educaram seus filhos...O velho ranchinho abrigava suas canoas, seus remos, seus balaios, suas redes, seus anzóis...foi o velho ranchinho que garantiu suas subsistências, suas dignidades.
    
        -Não tem jeito, compadre! Um dia vamos perder nosso ranchinho! Falou Fifo.
        -Ééééé compadre! Deveriam fazer uma homenagem a ele coloca o nome da praça!
        -Ééééé compadre, se eu fosse doutor ou fosse um político, talvez a praça teria o seu nome!
        -Ëéééé compadre! Ta lá o exemplo. Homenagearam Santos Dumont! Lá no Perequê a avenida tem o nome do governador Abreu Sodré, tem rua com nome de Pandareco e Marechar Pisca o disco...
        -Nào é Pisca o disco compadre; é Marechal Pilsudski e não é Pandareco e sim Paderewsky.
        -É esse mesmo compadre! Em vez de a rua ter o nome desse tar de Piscodisco, que nunca ninguém viu, deveria ter o nome do saudoso Benedito Hilário, grande fazedor de balaio e o maior pescador de garoupa de Ubatuba; ele era dono daquela terra toda lá!
        -Ééééé compadre! Não esquente a cabeça com isso e pode ter certeza que quando nós morrer, vão quebrar nosso ranchinho, vão cortar nosso abricoteiro e até os guaroçás terão que se mandar daqui, e pode ter certeza que nunca lembrarão de nós.
        -Ééééé compadre! Você disse bem! Só depois que nós morrer, por que enquanto eu for vivo, ninguém encosta no meu ranchinho, e se vão lembrar de nós ou não, não faz mal!
        A conversa continuou por muito tempo entre os dois compadres; foram dias, mesese anos... a conversa voava pelas nuvens, canoava além do horizonte do mar diante de seus olhos, vagava pelos tempos e se deparava com a incerteza do futuro. O que seria deles? O que seria de seus velhos ranchinhos? O que fariam naquele local?
        O tempo passa e a velhice chega... Chegam também a morte e a matéria do homem vira pó. Nunca jamais devemos esquecer desses homens, mesmo que não tenham sido doutores, políticos ou militares e sim por que foram homens que fizeram parte da história do povo caiçara, ajudaram e desenvolver a cidade e deixaram raízes; estão aí seus filhos, seus netos, seu povo; o povo caiçara.
        Pois é amigo Fifo, amigo Alfredo Vieira! Vocês imaginavam que ali no lugar dos seus velhos ranchinhos construiriam uma pista de skate, uma ciclovia, uma obra de lazer e descontração???
       –Vocês imaginavam isso? Talvez não! Mas acredito que vocês gostaram e que estão felizes por saberem que no local do velho ranchinho, crianças irão se divertirem e passarão o tempo em atividades físicas, praticarão esportes, e muitos deles, com certeza estarão fora do mundo das drogas e dos vícios.
        Amigo Fifo, amigo Alfredo Vieira; tenho certeza que aonde quer que vocês estejam, vocês estão contentes e mais contentes ainda, vocês ficariam se a pista de skate, recebesse o nome de vocês. Quem sabe os doutores políticos homenageiem os caiçaras doutores dos mares, colocando um singelo monumento dizendo;
RANCHO DOS SKATES “JOÃO SERPA E ALFREDO VIEIRA”.

Eleonora Menicucci fala sobre os abusos contra os estudantes contrários a reforma do governo Temer



 "A luta dos estudantes mostra que a resistência democrática continua cada vez mais ativa. Mesmo após as eleições municipais, que representaram uma derrota de toda a esquerda, o governo de Michel Temer  está longe de ter o domínio da situação política,"diz Eleonora. "A luta continua,sempre."






Símbolo da resistência

Ana Júlia discursou na quarta-feira (26) na tribuna da Assembleia Legislativa do Paraná para defender a legitimidade das ocupações de escolas como forma de luta pela qualidade da educação pública.
Segundo a ombudsman da Folha, uma espécie de ouvidora que atua sob a perspectiva dos leitores do jornal, a cobertura da imprensa é tímida para a dimensão da luta dos estudantes contra a reforma do ensino médio (MP 746) e contra a PEC 55 (antiga PEC 241) que congela investimentos na educação por 20 anos.

Do Canal O Mundo segundo Ana Roxo


Explicações simples para assuntos complexos 

Juíza usa sua própria história para desmascarar as falácias da tão propalada meritocracia.


"Petistas"




Como se fosse necessário ser "Petista" pra ser contra o golpe!


A indignação de duas senhoras contra Temer, fragadas pelo autor do vídeo que foram tachadas de "petistas". 

_________________________________________________________________________


No debate que ocorreu em londres 

Otavio Frias, da Folha de São Paulo chama a jornalista inglesa Sue Branford de "Petista".

_________________________________________________________________________________

Em Washington, Aloisio Nunes chama de "petistas" as manifestantes contra o golpe.


"Não é pelo partido é pela democracia!" Respondeu uma das mulheres.
  


_________________________________________________________________________________


Manifestante dá cusparada em jovem e xinga grupo por "aparentarem ser petistas". 


Click na imagem para ver a reportagem completa do site Pragmatismo Politico

"Nunca me senti tão humilhado!"

_________________________________________________________________________


Ou você é coxinha ou é petralha!


"Não consigo conversar com amigos que odeiam o PT", desabafa Moura em vídeo.

Beautiful!! Muy Bueno! Very nice! Very cool ! Bravo. :)