Seguidores

domingo, 11 de setembro de 2011

O sol do amor





Quando o amor acaba...Acaba tudo

E o tudo que se desfaz em segundos
Prova do gosto amargo e fica mudo

Mas quando o sol acorda
atrás dos vidros de cristal
Eu vejo que o calor
está de novo na manhã

Caminho junto
e saio fácil do escuro
E o dia recomeça
num nascer feliz

E esse calor que liberta
a mágoa do meu coração
Faz sentir que a dor
se perde de novo na imensidão

Eu sinto um alívio
no amanhecer do dia...
Eu sinto os raios
me devolvendo pra vida...

Então... O amor...
O amor não acaba nunca
Apenas se renova no claro das manhãs...


Lili Rebuá

Juíza usa sua própria história para desmascarar as falácias da tão propalada meritocracia.


Símbolo da resistência

Ana Júlia discursou na quarta-feira (26) na tribuna da Assembleia Legislativa do Paraná para defender a legitimidade das ocupações de escolas como forma de luta pela qualidade da educação pública.
Segundo a ombudsman da Folha, uma espécie de ouvidora que atua sob a perspectiva dos leitores do jornal, a cobertura da imprensa é tímida para a dimensão da luta dos estudantes contra a reforma do ensino médio (MP 746) e contra a PEC 55 (antiga PEC 241) que congela investimentos na educação por 20 anos.

Do Canal O Mundo segundo Ana Roxo


Explicações simples para assuntos complexos 

Beautiful!! Muy Bueno! Very nice! Very cool ! Bravo. :)